Do modelo físico ao ficheiro CAD 3D, as capacidades de engenharia inversa da DT2 permitem adquirir informação 3D - através da digitalização 3D - para a criação de geometria de superfície, através da recolha fotométrica de nuvens de pontos e/ou coordenadas espaciais das superfícies do modelo. Desta forma é possível realizar digitalizações rápidas, exatas e versáteis de quaisquer formas geométricas ou superfícies complexas.